Prefeito Júnior Quirino assina ordem de serviço para retomada da obra da escola de 12 salas do FNDE

por Ascom - Prefeitura Municipal de Congo | Publicado em 28/06/2019 às 22:04

Prefeito Júnior Quirino assina ordem de serviço para retomada da obra da escola de 12 salas do FNDE

Na manhã desta sexta-feira (28) o prefeito do município do Congo Júnior Quirino assinou a ordem de serviço para que as obras de construção da escola de 12 salas do FNDE sejam retomadas, após regularização de todas as pendências que embargavam o prosseguimento da mesma e realização de uma nova licitação.

A Construtora Gonçalves LTDA foi a vencedora do processo licitatório e assinou contrato também nesta manhã, no valor de R$ 2.396.371,28. A sessão da Comissão Permanente de Licitações da Prefeitura do Congo aconteceu no dia 25 de maio e, assinado o contrato, a empresa está apta a começar os trabalhos. Segundo Ronaldo, responsável pela construtora, a empresa estará se instalando na obra já na segunda-feira (01/07), e iniciará de pronto a preparação da área para a retomada da construção.

O prefeito Júnior Quirino destacou o esforço da sua administração para regularizar a situação da obra e deixa-la a ponto de retomar a construção: “Desde o início da nossa gestão não temos poupado esforços para podermos retomar essa obra. Encontramos obstáculos diversos, mas, com muito trabalho superamos os problemas e a obra será executada.”, disse.

SOBRE A OBRA:

A obra da escola de 12 salas do FNDE, custeada com recursos federais, foi iniciada em fevereiro de 2015, após processo licitatório cujo valor inicial era de R$ 3.509.666,18. A proposta vencedora da licitação ofertou preço de R$ 3.487.907,59, que após aditivo de supressão ficou em R$ 3.157.595,85. A empresa vencedora assinou contrato e assumiu a tarefa de realizar a construção, porém só executou cerca de 20% da mesma, pelos quais recebeu R$ 757.233,99.

Após vários problemas de execução, paralizações por restrições e inconformidades, problemas de ordem documental com a empresa executora, a obra foi embargada até a extinção do prazo dado para sua finalização, datada de 19 de fevereiro de 2019, e, após os tramites para a formalização, ocorreu a rescisão do contrato entre a Prefeitura Municipal de Congo e a construtora, no dia 11 de março de 2019.

Para regularizar a situação e sanar problemas com a estruturação da área onde se localiza a obra, a Prefeitura Municipal teve que investir R$ 27.939,35 na construção de um muro e canaletas de drenagem - serviço contratado em novembro de 2016, mas 80% dele realizados na atual gestão - e R$ 234.225,26 com aterro e terraplanagem realizados no ano de 2018, tudo isso com recursos próprios do município. 

Com a nova licitação e novo contrato para a retomada da obra, havendo a gestão municipal sanado todas as pendências que impediam o prosseguimento da mesma, o intuito é que tudo transcorra bem e que a obra seja tocada e a escola finalizada conforme o cronograma contratual.

Tempo
Congo - PB
Mín 21ºC
26º
Máx 31ºC
Variação de nebulosidade

Mais Lidas